Make your own free website on Tripod.com

MENSAGENS FINAIS

QUEM SOMOS NISTO CREMOS ESTUDOS JUDICIAIS CARTAS

A Profecia dos Sete Reis       Uma interpretação contemporânea!

PARTE V

10.3. Análise dos Textos dos Videntes

 

A) - OS VIDENTES SÃO OS “MENSAGEIROS DE DEUS”

 

“Imploro, pois, a vossa conversão, antes do dia da Purificação, porque o tempo urge e eu digo-vos que antes que passe esta geração, tudo quanto vos disse, através das minhas almas eleitas (videntes), do tempo de Fátima até hoje, será realiza-do. Mensagem de Nossa Senhora 31/01/90.” (Quanto Falta Para o Fim – Edmundo Noro)

 

B) - OS VIDENTES CONSIDERAM O PRÓXIMO PAPA (sétimo rei - Apoc.17) COMO SENDO O ANTI-CRISTO, POR ISSO, AINDA SEGUNDO ELES, DURARÁ POUCO. É IMPRES-SIONANTE

A COINCIDÊNCIA COM A INTERPRETAÇÃO COMTEPORÂNEA, POIS SEGUNDO NOSSA EXPECTATIVA O PRÓXIMO PAPA TAMBÉM FICARÁ POUCO TEMPO NO PODER.

 

(Dos textos abaixo, apenas os que estão em negrito são nossos comentários, os demais, com letra comum, são dos próprios au-tores católicos ou evangélicos.)

 

Texto 1:

 

“Segundo Vassula (uma das mais famosas videntes do mundo), o Anticristo virá à frente de muitos cardeais, bispos e padres e tentará desembaraçar-se daquele que ‘detém ainda a rebelião’: João Paulo II. A sua vinda será também o ponto culminante do naturalismo e racionalismo que afetam muitos teólogos católicos e que se espalharão incontrolavelmente, depois que o atual papa for afastado.(grifo nosso). (“A Profetisa dos Tempos Finais”, autor - Olivo Cesca, pág. 175)

 

Texto 2:

 

“Já vimos que esta besta vai introduzir na igreja a abominável desolação pela supressão oficial da missa. Da mesma forma, para unificar todas denominações cristãs, oficializará um ecumenismo falso, generoso e irrestrito, declarando que todas as seitas, por contraditórias entre si, possuem uma parcela de verdade,estendendo o mesmo privilégio às religiões não cristãs”. (A Segunda Vinda de Jesus - PARUSIA, autor padre Léo Persch)

 

Texto 3:

 

Para situar o irmão, no próximo texto, “aquele que o detém” é João Paulo II, que detém a chegada do “anticristo”.

 

“Sabeis perfeitamente que algo o detém (o ímpio, o filho da perdição, o anticristo)... o mistério da iniqüidade já está em ação, esperando apenas o afastamento daquele que ainda o detém. Então o tal ímpio se manifestará... Esse alguém que ainda detém a manifestação pública do anticristo é o mesmo que falou:” “- Tudo acontece com incrível rapidez”. (Livro “Tempos Finais- A Voz do Pastor” Padre Léo Persch)

 

Texto 4:

 

“A meta final do Anticristo é abolir o santo Sacrificio da Missa ...”. (“Novas Revelações - Os Segredos de Dozulé”, autor –Jean Stiegler, pág. 257)

 

Texto 5:

 

“Essa abolição oficial da Missa, que virá, como dis-semos após o afastamento do papa João Paulo II, será decretada pela autoridade máxima da Igreja, o Anti-Cristo, em nome de um malfadado modernismo, doutrina que então será invocada para justificar tamanho sacrilégio.” (A Segunda Vinda de Jesus - PARUSIA, autor padre Léo Persch)

 

C) - JOÃO PAULO II SAI, ENTRA O OUTRO PAPA, O “ANTICRISTO” PARA OS CATÓLICOS (sétimo rei - Apoc.17), DEPOIS ELE, JOÃO PAULO II, VOLTA E RECEBE A “CRISTO” (Satanás que estará personificando a Jesus). (Dos textos abaixo apenas os que estão em negrito são nossos comentários, os demais, com letra comum, são dos próprios autores católicos ou evangélicos.)

 

Texto 1:

 

“ A outra besta ... semelhante a um cordeiro” (Apoc. 13:11) trata-se do Anti-Cristo. ‘As portas do inferno não prevalecerão’ (Mat. 16:18). Exatamente, embora exilado no leste (segundo os videntes, depois de sua saída, João Paulo II irá provavelmente para a Polônia - leste europeu ), João Paulo II não deixará de ser o verdadeiro papa no exílio, mesmo quando ‘... o homem da iniqüidade, o filho da perdição, o adversário, aquele que se le-vanta contra tudo o que é divino e sagrado, usurpar o lugar santo no templo de Deus, proclamando-se como Deus’ (II Tess. 2:3-4), sentado na cátedral de São Pedro em Roma”. (A Segunda Vinda de Jesus - PARUSIA, autor padre Léo Persch)

 

Texto 2:

 

“É o Pedro de Deus, João Paulo II – o último Pedro antes da vinda de Jesus. ‘Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a Minha Igreja. As potências infernais não prevalecerão contra ela. Dar-te-ei as chaves do Reino dos céus. Tudo o que ligares sobre a terra, será ligado nos céus’ (Mt 16, 18-19). Cumpre ainda lembrar: na hora certa, quando a ca-pacidade de resistir contra o anticristo se esgotar, o Pedro de Deus devolverá as chaves ao Seu legítimo dono: Jesus. Ele, Jesus, entregou as chaves do reino dos céus ao primeiro Pedro, e recebe-as de volta do último Pedro, João Paulo II. Desta forma não poderão ser usadas pelo ímpio usurpador do trono de São Pedro, o anticristo, que tomará assento no templo de Deus, proclamando-se ele mesmo como Deus” (2 Tess. 2,4). (Livro “Tempos Finais- A Voz do Pastor” Padre Léo Persch).

 

Texto 3:

 

“... quando o Papa retornar, depois de sua exclusão temporária, a tribulação já terá passado, ou, pelo menos, parte dela. Nas suas aparições em Garabandal, Nossa Señora disse que teríamos apenas mais três papas, após aquele (Joao XXIII) e que o terceiro seria o último que seguiria a Igreja Verda-deira. NOTA (do próprio autor católico-romano): Tivemos após aquelas aparições (1962) os papas Paulo VI, João Paulo I e agora o último João Paulo II. Nossa Senhora também se refere ao terceiro deles (João Paulo II) como aquele que prepararia a 2ª Vinda de Cristo à terra. Ora, se ele prepararia este retorno Glori-oso do Senhor que vem, por que não haveria de estar presente? São Malaquias, que profetizou acertadamente sobre os últimos 100 papas da Igreja Católica, prevê após João Paulo II, a entrada de um papa ...(Glória Olivae- da glória da Oliveira) que seria o número 99 e assim o nº 98 é sem dúvida de João Paulo II (Laborem solis – que trabalha de sol a sol). Também na conta da sua profecia, o nº 100, se chamará Petrus Romanus e será na conta dele o último papa desta série, isto é, até o “fim do tempo das nações pagãs”.

 

NOTA (do próprio autor católico-romano): O fato de haver na conta de São Malaquias mais dois Papas além de Joao Paulo II, em aparente divergência com a mensagem de Nossa Se-nhora em Garabandal, deve-se ao fato de que: 1) Para o Céu, o falso papa que se prenuncia ser o sucessor de João Paulo II, não conta, porque a eleição será fraudulenta, segundo Jesus diz a Vassula; 2) Em todas as mensagens de Jesus e Maria, nos últimos anos, o Papa tem sido sempre tratado como “Pedro”, ou seja, nosso Pedro hoje.

 

Portanto, a questão do Petrus Romanos, se encaixa perfeitamente na figura de nosso Pedro, hoje. De fato, um Pedro recebeu a chave da Igreja de Jesus e novamente outro Pedro a devolverá quando vier o Novo Reino... Jesus disse à Vassula: “Um sopro virá do leste”. Diz também que João Paulo II, será acolhido por um irmão do Leste e deixa entrever um possível acolhimento dele por um país qualquer, Rússia ou Polônia.

 

NOTA (do próprio autor católico-romano): Em todas as mensagens que li em Vassula, onde se acha a maior quantidade de referências de Jesus sobre a Sua Igreja, e sobre o Seu “Pedro” hoje, nada há de direto e definitivo sobre o futuro do Papa. Mas nas entrelinhas deste texto, é possível bem encaixar a questão do afastamento. Isso prenuncia o acolhimento dele por um dos países nomeados, pelo tempo em que o Pai determinar. Na verdade, tenham os leitores certeza, o Papa será guardado por Deus de uma forma sobrenatural, porque se assim não fosse ele seria trucidado, tão demoníaco é o ódio que lhe nutrem os maus. E afinal, a missão dele aqui na terra ainda não terminou. E será incrível o milagre que ele ainda realizará.

Sonho de Dom Bosco (vidente católico-romano): um dos muitos sonhos proféticos de Dom Bosco, previa o afastamento de um Papa, por 200 dias (o sétimo durará pouco). Ele se vê forçado a deixar o Vaticano e dali sai com muito poucas pesso-as.

Depois deste tempo ele retorna a Roma...

 

NOTA (do próprio autor católico-romano): Veja-se aqui, uma nova mensagem referente a um Papa, que se encaixa perfeitamente.

Em primeiro lugar, não há outro para direcionar a profecia; tem que ser o atual papa João Paulo II. Em segundo lugar, São João Bosco diz que durante 200 dias Roma estará sem Papa.

Isso quer dizer que, conforme São Malaquias e conforme Nossa Senhora do Carmo de Garabandal, existirá um hiato de 200 dias no comando da Igreja. (Tempo em que assumirá o sétimo rei – papa - considerado pelos católicos - romanos um “falso papa” que durará pouco.) É MUITA COINCIDÊNCIA!! (Artigo católico - romano “O Futuro do Papa João Paulo II” - analisando várias “profecias”. Responsável- Dilson Kutscher)

 

Texto 4:

 

“A NINGUÉM foi dada qualquer DATA para o gran- de acontecimento, ou os grandes acontecimentos, pois virão todos sucessivamente...(...) João Paulo II, NÃO SERÁ ASSASSINADO! Ele terá de cumprir sua missão. Será AFASTADO DO PODER, dando lugar à GRANDE TRIBULAÇÃO... Por fim, Pedro (nome que os videntes dão a João Paulo II) virá e entregará as CHAVES do Reino, ao REI! As chaves da Sua Igreja!“. (“MENSAGEM DE NOSSA SENHORA“ a Claudio Heckert ) (Dia 04/03/2000)

 

Texto 5:

 

“Não é uma alegria imensa a gente saber que o Papa estará conosco até no fim? Não é uma alegria saber que os adeptos da besta não haverão de cumprir os seus tenebrosos desígnios? Não é uma alegria saber que, embora eles já tenham tentado de todas as formas eliminar o Papa, ainda não tenham conseguido, o que prova a sua imensa fraqueza, pois Deus é conosco? Não é alegria saber que, mesmo estando mergulhados num período de trevas, haveremos sempre de perceber a luz que este Papa continuará emitindo, embora toda a perseguição da besta e para a fúria dela?” (Artigo católico - romano “O Futuro do Papa João Paulo II” - analisando várias “profecias” . Responsável- Dilson Kutscher)

 

D) - “CRISTO (Satanás) VOLTA” ! RECEBÊ-LO.

 

Cremos ser importante analisarmos um pouco mais esta questão, a falsa vinda de “Jesus”. Neste tempo, que temos convivido com vários irmãos da igreja, reparamos que nem todos têm conheci-mento de que Satanás fará a personificação de Jesus, e a mayoría daqueles que sabem, têm a idéia de que este acontecimento não deve trazer grandes preocupações por ser algo simples de resistir e fácil de desmascarar. Porém, isto pode ser mais um engano de Satanás, fazen-do- nos dormentes para o que realmente ocorrerá no futuro.

“Assim, nas profecias, o futuro se paten- teia diante de nós tão claramente como se reve- lou aos discípulos pelas palavras de Cristo. Os acontecimentos ligados ao final do tempo da graça e obra de preparo para o período de angústia, acham-se claramente apresentados. Multidões, porém, não possuem maior compreensão destas importantes verdades do que teriam se nunca houvessem sido reveladas. Satanás vigia para impedir toda impressão que os faria sábios para a salvação, e o tempo de angústia os encontrará sem o devido preparo.” (Ellen G. White, O Grande Conflito, pág.594)

Em verdade, estamos querendo dizer que não devemos esperar um “enganozinho”, mas sim O MAIOR ENGANO DE TODOS OS TEMPOS, tão grande, que “se possível enganaria até mesmo os eleitos”. E por que não será possível? Muitas vezes nos surge a idéia de que Deus nos colocará numa espécie de “redoma de vidro”, mas isto não é verdade. Aqueles que permanecerão firmes durante o grande engano, assim o farão porque antes usaram da graça de Cristo, e se prepararam através do estudo da Bíblia e do Espírito de Profecia para os últimos eventos. Não fosse este preparo, com certeza também seriam enganados.

O fato é: Satanás não está brincando de guerra. Ele sabe que terá permissão de exercer todo seu poder na sua obra final de engano, e sabe também que este poder, embora ínfimo perto do divino, é suficientemente grande para maravilhar qualquer ser humano desprevenido.

Ele ainda não exerce todo este poder porque Deus ainda não deu permissão, mas no futuro permitirá.

 

II Tessalonicenses 2:9-12.

 

9 Ora, o aparecimento do iníquo é segundo a eficácia de Satanás, com todo poder, e sinais, e prodígios da mentira,

10 e com todo engano de injustiça aos que perecem, por- que não acolheram o amor da verdade para serem salvos.

11 É por este motivo, pois, que Deus lhes manda a operação do erro (Deus permite o engano - nosso comentário), para darem crédito à mentira,

12 a fim de serem julgados todos quantos não deram crédito à verdade; antes, pelo contrário, deleitaram-se com a injustiça.”

 

        A tendencia daqueles que sabem que Satanás ira personificar a Cristo é pensar que serão por alguns “detalhes” na aparência, ou por alguns sinais na forma da “falsa vinda” é que reconhecerão o engano. É óbvio que haverá diferenças, mas neste caso, prender-se em detalhes, nos parece um terrível erro. Estes detalhes, como por exemplo: Jesus, quando voltar, não pisará no chão; ou todo o olho o verá, ou ainda o fato de que Jesus irá ressuscitar os mortos, não são seguros. Satanás poderá maquia-los: quando ele aparecer como “Jesus” não nescessitará tocar a Terra; ele também pode dizer que quando a Bíblia afirma que “todo o olho o verá”, não está dizendo que será instantaneamente, na mesma fração de tempo; também ele pode promover falsas ressusrreições, pois como diz o Espírito de Profecia, os anjos maus têm poder de aparecer como pessoas que já morreram. Meu irmão, se tentarmos fazer a distinção apenas pela aparência, certamente cairemos.

        Ao nosso ver, não estamos, como um todo, preparados para resistir ao grande trunfo de Satanás: a GLÓRIA. Satanás aparecerá com uma força, um poder, uma magia, uma glória jamais vista pelos homens. Se o irmão está surpreso com essas informações é bom lembrar que Quem assim O diz não somos nós masa o Espírito de Deus através da Sua serva:

 

“Como ato culminante no grande drama do engano, o próprio Satanás personificará Cristo... A glória que o cerca não é excedida por coisa alguma que os olhos mortais já tenham contemplado. Ressoa nos ares a aclamação de triunfo:’Cristo Veio! Cristo veio!’”

(Ellen G. White – O Grande Conflito, pág. 624.)

 

Aparecerá a seus seguidores iludidos, o mundo cristão que não recebeu o amor da ver- dade, antes teve prazer na iniqüidade (transgressão da lei), como Cristo vindo pela segunda vez. Ele se proclama o Cristo, e é aceito como tal, um ser imponente e belo, revestido de ma- jestade, com voz suave, palavras agradáveis e uma glória não superada por coisa alguma que olhos humanos já contemplaram. Então os seus enganados e iludidos seguidores soltam uma exclamação de vitória: “Cristo veio pela segunda vez! Cristo veio!”. (Ellen G. White, Evento Finais, pág. 43.)

 

Se o irmão quiser saber a aparência aproximada que Satanás terá, basta ler o relato de João em Apocalipse 1:13-15 quando este descreve Jesus glorificado, parece absurdo, mas é o Espírito de Profecia que assim o diz - SATANÁS TERÁ A SEMELHANÇA DE JESUS GLORIFICADO QUANDO DESCRITO NO APOCALIPSE!

 

A igreja tem há muito tempo profesado considerar o advento do Salvador como a realização de suas esperanças. Assim, o grande enganador fará parecer que Cristo veio. Em várias partes da Terra, Satanás se manifestará entre os homens como um ser majestoso, com brilho deslumbrante, assemelhando-se à descrição do Filho de Deus dada por João no Apocalipse. (Apoc. 1:13-15.)”.

(Ellen G. White, O Grande Conflito, pág. 624.)

 

Mas Satanás tem poder para fazer tudo isso? O mesmo Espírito de Profecia responde claramente que SIM! Vejamos outro texto:

 

“Satanás percebe que está prestes a perder a sua causa. Não pode iludir o mundo inteiro. Ele faz um último e desesperado esforço para vencer os fiéis pelo engano. Efetua isso personificando a Cristo. Cobre-se com as vestes da realeza que foram acuradamente descritas na visão de João. Tem poder para fazer isso.”  

(Ellen G. White, Evento Finais, pág. 42-43)

 

Como acabamos de ver, embora possam haver sinais visuais distintivos, repetimos: não podemos nos fiar em detalhes, (Satanás dará uma “piscadela” para a esquerda e Jesus para a direita), pois corremos o risco de ser iludidos. O Espírito de Profecia ainda traz ou-tros textos interessantes sobre o último grande engano. Em “Testemonies”, vol. 5, pág. 689, ano 1889, nos é dito que Satanás “ostentará em TODOS OS SENTIDOS a aparência de Cristo”. Noutro livro, também do Espírito de Profecia, “A Verdade Sobre os Anjos”, pág. 274, é dito que este “poderoso engano” é “quase invencível”.

Como então reconhecer o engano? A nossa única salvaguarda é a mesma que Jesus usou quando enfrentou o “pai da mentira” no deserto: “A PALAVRA DE DEUS”. Ali, Satanás apareceu como anjo de luz, dizendo estar vindo da parte de Deus. Porém o Salvador não observou os sinais e a aparência, mas sim o conteúdo de suas idéias. Satanás falou das Escrituras, mas misturou com elas o erro, assim é que Jesus o reconheceu como não vindo da parte do Pai.

Jesus resistiu às três tentações com as palavras: “está escrito”. Conosco não será diferente, Satanás poderá ser desmascarado somente por aqueles que estão realmente firmados na Palavra de Deus, que estudam a Bíblia e realmente sabem os motivos, os verdadeiros  Satanás, quando aparecer como Jesus, confirmará que, desde a sua primeira vinda, quando morreu na cruz, mudou o dia de guarda, em lugar do sábado, o domingo. Com certeza fará isto com base (falsa) nas Escrituras, mas, se estivermos firmes na Palavra, resistiremos, e aí, a diferença dos detalhes na forma do aparecimento falso completarão o quadro.Porém, repetimos, o principal sempre foi e sempre será: “À lei e ao testemunho! Se eles não falarem desta maneira, jamais verão a alva.” (Isaías 8:20)

Portanto nos aprofundemos no estudo da Bíblia enquanto é “dia”, pois somente os que souberem dar a razão de sua fé, não serão iludidos na “noite” que se aproxima.

 

Personificará a Cristo, mas num ponto haverá notável diferença. Satanás apartará as pessoas da lei de Deus. Não obstante, imitará tão bem a justiça que, se fosse possível, enganaria os próprios eleitos. Cabeças coroadas, presidentes, governantes em altos postos curvar-se-ão ante suas falsas teorias.”  

(Ellen G. White, Fundamentos da Educação Cristã, págs. 471 e 472.)

 

O povo se prostra emadoração diante dele, enquanto este ergue as mãos e sobre eles pro- nuncia umabênção, assim como Cristo abençoa- va Seus discípulos quando aqui na Terra esteve. Sua voz é meiga e branda, cheia de melodia. Em tom manso e compassivo apresenta algumas das mesmas verdades celestiais e cheias de graça que o Salvador proferia; cura as moléstias do povo, e então, em seu pretenso caráter de Cristo, alega ter mudado o sábado para o domingo, ordenando a todos que santifiquem o dia que ele abençoou.”

(Ellen G. White, O Grande Conflito, pág. 624.)

 

“Mas o povo de Deus não será desencaminhado. Os ensinos deste falso cristo não estão de acordo com as Escrituras.”

(Ellen G. White, Eventos Finais, pág.157)

 

Se o irmão quiser entender em que momento Satanás deverá personificar a Cristo sugerimos ir ao apêndice número 5, ao final deste livro.

Passemos agora à análise de mais alguns textos (católicos e evangélicos) que coincidem em “cheio” com os textos do Espírito de Profecia acima citados e acabam por encaixar-se com a interpretação de Apoc. 17 que sugerimos neste estudo. Satanás está preparando o mundo para recebê-lo.

 

(Dos textos abaixo apenas os que estão em negrito são nossos comentários, os demais, com letra comum, são dos próprios autores católicos ou evangélicos.)

 

Texto 1:

 

“E o mundo verá, um dia não muito distante. Naquele dia, toda a face da terra ficará num encanto total, vendo: ‘Jesus de Nazaré, o Filho do Homem’, resplandecente de luz...Sim, todos o verão é por isso que é tempo de vos converter.” (“Novas Revelações - Os Segredos de Dozulé”, autor –Jean Stiegler, pág. 41)

 

Texto 2:

 

“Aproxima-se o dia em que os olhos me verão. Primeiro, verão realmente o esplendor dos céus e o Refúgio dos pecadores vir num grande clarão que iluminará a terra de Oriente ao Ocidente... E, vindo dos céus, vereis entreabrir-se e dar o que todo homem de boa vontade espera desde há séculos: a Luz do mundo. Os céus abrir-se-ão, o canto dos anjos encherá o Céu e a terra; ...” (“O Retorno Glorioso de Jesus” , autor - Edmundo Noro, pág. 120)

 

Texto 3:

 

“24/12/78- Assim como nasceu nesta noite, voltará Jesus na glória, antes de sua vinda para o Juízo Final... Evidencia-se, então, que o fim dos tempos não constitui o fim do mundo, mas a Segunda Vinda de Jesus é para fazer novas todas as coisas (Apoc. 21,5)... Nesta Segunda Vinda, em contraponto à condição de humildade, pobreza e obscuridade do seu nascimento, Jesus se manifestará com todo o poder no Céu e na terra (Dn7, 13-14), de forma gloriosa e universal.” (“Tudo Vos Foi Revelado”, Romero Gomes)

 

Texto 4:

 

“Todo olho o verá (Mt 24.30; At 1.7). Alguém pergunta: - ‘Como?’ Respondemos: - Há impossíveis para Deus, para Ele operar? - Não! Atualmente através dos modernos meios de comu-nicação por satélite, aí estão os programas internacionais de TV, de cobertura mundial, e isso será cada vez mais aperfeiçoado,...”. Livro evangélico (“O Calendário da Profecia”, pág. 70, autor - Antonio Gilberto - Casa Publicadora das Assembléias de Deus)

 

Texto 5: Palavras da “Virgem Maria” a um vidente:

 

“Todas as manifestações proféticas contidas nos tex-tos bíblicos ou outras mensagens celestes convergem integralmen-te para um cenário messiânico universal, associado ao retorno glorioso de Jesus e à implantação do seu reino na terra”.

13/10/92 - Levantai, portanto, os olhos para o céu, meus prediletos e filhos a mim consagrados, porque sobre nuvens luminosas virá o meu filho Jesus, no esplendor de sua glória, para instaurar entre vós o seu Reino de amor, de santidade, de justiça e de paz.

24/06/97 - Quando Jesus retornar na sua glória divina e aparecer a toda a humanidade, cada um será chamado a passar pela mesma experiência que Pedro, João e Tiago tiveram sobre o monte Tabor. Porque Jesus se manifestará no seu fulgor e a sua humanidade será completamente transfigurada pela luz fulgidíssima da sua divindade. O reino de Deus na terra será de uma paz perpétua, de grande santidade, da nova Páscoa dos novos tempos:

01/01/93 - No final, depois do tempo da grande prova, vos espera o tempo da grande paz, da grande alegria, da grande santidade, do maior triunfo de Deus no meio de vós.

11/04/93 - Em breve, também ela (a humanidade) sairá deste seu imenso sepulcro, para viver a Páscoa dos tempos novos, quando Jesus retornará na glória para instaurar o seu reino de amor e de vida ... O reino de Deus será, principalmente, o reino de uma Igreja Triunfante...”. (“Tudo Vos Foi Revelado”, Romero Gomes)

 

Texto 6:

 

“Virá sobre a terra um arco-íris de paz, paz nunca vista, paz nunca sonhada. Irei Eu Mesmo trazê-la, com a Minha Vinda à terra”. (“A Vinda Intermédia de Jesus”, autor - Monsenhor Aldo Gregori, pág. 110)

 

Texto 7: Perceba como coincide com o Espírito de Profecía quando diz que Satanás personificará Jesus à semelhança da descrição do Apocalipse:

 

“Do céu virá para vós o Cristo no esplendor de sua glória... Os seus olhos brilham como o fogo... Está vestido com um manto banhado de sangue... Os exércitos celestes seguem-no... ves-tidos de branco, de puro linho finíssimo. Da sua boca sai uma espada afiada para ferir com ela as nações. Ele as governará com cetro de ferro e pisará num lagar o vinho, que representa o terrible castigo de Deus, Dominador do Universo.” (Quanto Falta Para o Fim - Edmundo Noro).

 

Texto 8:

 

“Assim deve ser também a Sua segunda Vinda, quan-do vier no esplendor da Sua divindade, vindo sobre as nuvens do céu, para instaurar o Seu Reino, na glória.” (“A Vinda Intermédia de Jesus”, autor - Monsenhor Aldo Gregori)

 

Texto 9:

 

“É preciso que o Reino de Deus seja implantado neste mundo e que seus direitos de Rei e Senhor sejam reconhecidos ... Quando as pessoas dizem que para o fim do mundo, falta muito tempo, elas têm razão. Sim, para o ‘fim do mundo’ falta muito tempo. Para a vinda do Senhor, porém, não falta muito! Todos os sinais dos tempos estão mostrando que sua segunda vinda está cada vez mais próxima. Vem, Senhor Jesus!” (“Céus Novos e uma Terra Nova”, autor - padre Jonas Abib, pág.90 - 91)

 

Texto 10:

 

“... ensina o Catecismo da Igreja Católica: ‘Este acon-tecimento escatológico - a vinda de Cristo na glória - pode ocorrer a qualquer momento’... ( “Os Tempos do Fim”, autor - Olivo Cesca)

 

E) - QUANDO SATANÁS PERSONIFICAR A CRISTO, INICIA-SE O FALSO MILÊNIO.

 

(Dos textos abaixo, apenas os que estão em negrito são nossos comentários, os demais, com letra comum, são dos próprios autores católicos ou evangélicos.)

 

Texto 1:

 

“O Reino Messiânico Universal ...deverá se estender por mil anos (Ap 20,6)” (“Tudo Vos Foi Revelado”, Romero Gomes)

 

Texto 2: (cumprir-se-á a profecia de Lucas 17:23 ‘E vos dirão: Ei-lo aqui! Ou: Lá está! Não vades nem os sigais’)

 

“De um modo semelhante, Jesus, durante o milênio, será sensivelmente presente na Igreja, segundo as suas necessidades, aparecendo: ora num lugar ora no outro, uma vez a qualquer alma, em particular, outra a esta ou àquela comunidade, para corrigir ou encorajar no sentido de prosseguir o caminho de santidade iniciado.” (“A Vinda Intermédia de Jesus”, autor - Monsenhor Aldo Gregori, pág. 74)

 

Texto 3:

 

“Durante o milênio deverão desaparecer todos os males que afligiram a Igreja e a humanidade pela ação instigadora de Satanás, como cismas e heresias ... o milênio deverá ser caracterizado por uma humanidade que reconheça e ame o seu Criador ... sobretudo por uma Igreja universalmente unida, reconhecida como mestra de verdade... “ (A Vinda Intermédia de Jesus, autor - Monsenhor Aldo Gregori

 

Texto 4:

 

“Esta renovação misteriosa, que há de transformar a humanidade e mundo, a Sagrada Escritura a chama de ‘céus novos e terra nova’ II Pedro 3:13" (Catecismo da Igreja Católica, 1043)

 

Texto 5:

 

“Venha a nós o vosso reino! O Reino de Deus será implantado nesta terra, e Jesus será o Senhor. Isso é verdade? E nós teremos céus novos e uma terra nova onde a vontade de Deus será feita, onde os Seus propósitos se realizarão.” (Céus Novos e uma Terra Nova, autor - padre Jonas Abib)

 

Texto 6:

 

“Isso não significa que o pecado será removido da terra. A natureza humana continuará a mesma, mas, devido às bênçãos do reinado e da presença pessoal de Cristo, e estando Satanás preso (Ap 20.1-3), ninguém terá obstáculos espirituais para segui-lo, como agora tem.” Livro evangélico (“O Calendário da Profecia”, pág. 83, autor - Antonio Gilberto - Casa Publicadora das Assembléias de Deus)

 

F) - NO INÍCIO DESSE FALSO “MILÊNIO DE PAZ TERRENAL”, HAVERÁ AQUELES QUE SE OPORÃO À NOVA ORDEM MUNDIAL, IRÃO CONTRA A “SANTA LEI DE DEUS” (NA VERDADE DE SATANÁS), POIS NÃO SANTIFICAM O DOMINGO, QUE SERÁ MUNDIALMENTE OBSERVADA. POR TANTO, DEVERÃO SER ELIMINADOS. QUEM SERÃO ESSES TERRÍVEIS HEREGES? OS ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA, POIS SE RECUSAM A DOBRAR OS JOELHOS À BESTA (JOÃO PAULO II) E À SUA IMAGEM (O DOMINGO). ANTES DOS TEXTOS DOS VIDENTES VEJAMOS ALGUNS TEXTOS MAIS DO ESPÍRITO DE PROFECIA QUE COINCIDEM COM ESSA EXPECTATIVA:

 

“Os ímpios... declaravam que tinham a verdade, que havia milagres entre eles; que anjos do Céu conversavam e andavam com eles, que grande poder e sinais e maravilhas eram realizados emseu meio, e que isso constituía o milenio temporal que aguardavam há tanto tempo. Todo o mundo se convertera e estava em harmonia com a lei dominical.” (Ellen G. White, Mensagens Escolhidas, vol. 3, págs. 427 e 428.)

 

“O mundo todo há de ser instigado à inimizade contra os adventistas do sétimo dia, porque eles não rendem homenagem ao papado, honrando o domingo, instituição desse poder anticristão.”

(Ellen G. White, Testemunhos Para Ministros, pág. 37.)

 

(Dos textos abaixo, apenas os que estão em negrito são nossos comentários, os demais, com letra comum, são dos próprios au-tores católicos ou evangélicos).

 

Texto 1: Palavras de “Jesus” a um dos videntes - “ ‘Reinarei apesar dos meus inimigos’. Os inimigos do Senhor são aqueles que se opõe ao plano de Deus, à uma sociedade auténticamente evangélica, às leis cristãs baseadas nos dez mandamentos (grifo nosso) e no amor ao próximo.” (“Novas Revelações - Os Segredos de Dozulé”, autor –Jean Stiegler, pág.151)

 

Texto 2:

 

“Disse ( “Maria” numa de suas aparições): ‘Se o meu povo não quiser se converter serei obrigada a deixar cair a mão de meu Filho. Ela é tão pesada que já não consigo sustentá-la’... (Então, “Maria” relata para o vidente que existem apenas duas queixas de “Jesus” com a humanidade) Queixa-se do trabalho manual aos domingos e da blasfêmia: ‘ São estas duas coisas que tornam tão pesado o braço do meu Filho’ “ (grifo nosso) (“A Profetisa dos Tempos Finais”, autor - Olivo Cesca, pág 8)

 

Texto 3:

 

“‘Venha a nós o Vosso Reino!’ Que se deve entender por Reino de Deus afirma-no-lo a frase seguinte: ‘seja feita a Vos-sa Vontade’. Trata-se, pois, de um reino em que os homens, pelo menos na sua maioria, vivam em obediência a Lei do Senhor. (“A Vinda Intermédia de Jesus”, autor - Monsenhor Aldo Gregori, pág. 37)

 

Texto 4:

 

“14. No Milênio, a impiedade, a incredulidade, a re-belião não serão toleradas como no tempo da Graça. (Ler Isaías 60.12) A transgressão aberta será corrigida imediatamente (Is 65.20b; Zc 14:17; Ap 19:15). ‘Cetro de ferro, nesta última refe-rência, fala de governo inflexível. Esta expressão também prova que haverá inicialmente oposição a Cristo, com aplicação de dis- ciplina”. Livro evangélico (“O Calendário da Profecia”, pág. 84, autor - Antonio Gilberto - Casa Publicadora das Assembléias de Deus)

 

Texto 5:

 

“Se todos se convertessem - ... - não avería castigo; infelizmente, nem todos se converterão. Por isso, as coi-sas preditas serão atenuadas na proporção em que as conversões ocorrerem.” (“A Profetisa dos Tempos Finais”, autor - Olivo Cesca, pág.66)

 

Texto 6:

 

“A impiedade revolucionária será aniquilada, e seu castigo será terrível! Mas que consolação, que alegria para os verdadeiros fiéis da Igreja, um Concílio Geral o notificará. “ (“Novas Revelações - Os Segredos de Dozulé”, autor –Jean Stiegler).

 

Texto 7: “Jesus” falando à “Irmã Faustina”:

 

“... as almas dos hereges e dos apóstatas...elas me ras-gavam o corpo e o coração, ou seja, a minha Igreja. Quando vol-tarem à unidade da Igreja, então cicatrizar-se-ão as minhas feri-das” (“Novas Revelações - Os Segredos de Dozulé”, autor –Jean Stiegler)

 

Texto 8:

 

“...ireis reconhecê-los sempre pelo seu fruto que é a desobediência, desobediência a esta Lei da Minha Igreja, desobediência ao Vigário da Minha Igreja, desobediência à Tra-dição da Minha Igreja, desobediência a toda a Minha Lei. (Textos do livro: “A Verdadeira Vida em Deus” de Vassula Ryden)

 

Texto 9:

 

“E assim como outrora purificastes o templo de Jeru-salém - uma casa de oração para todos os povos - assim também agora purificai o templo da vossa purificação: a terra inteira. Expulsai dela toda a malignidade, toda a impiedade e profana-ção, e estabelecei nela o vosso Reino eterno de santidade e graça, de verdade e vida, de justiça, de amor e de paz.” (A Segunda Vinda de Jesus - PARUSIA, autor padre Léo Persch)

 

Texto 10:

 

“08/12/90 - Esta Segunda Vinda se realizará na luz de sua Divindade, porque Jesus voltará a vós, sobre as nuvens do céu, no esplendor de Sua realeza e sujeitará a Si os povos e as nações da Terra e todos os seus inimigos serão esmagados sob o trono de seu domínio universal ...” (“Tudo Vos Foi Revelado”, Romero Gomes)

 

Texto 11:

 

“A MINHA VERDADE RESPLANDECERÁ EM PLE-NO DIA ... Eu Mesmo VARREREI as rejeições de toda a espécie que tem corrompido a Humanidade inteira. ( “Testemunhas da Cruz, Vol. 1”, autor - “J.N.S.R.”, pág.228)

 

 

G) - QUANDO SATANÁS APARECER COMO JESUS FARÁ UMA UNIÃO MUNDIAL DAS NAÇÕES EM TORNO DE JOÃO PAULO II (O OITAVO REI, A BESTA).

 

(Dos textos abaixo, apenas os que estão em negrito são nossos comentários, os demais, com letra comum, são dos próprios autores)

 

Texto 1: (Satanás revelou a outros videntes que João Paulo II, depois de sair, ficará algum tempo na Polônia, sua Terra natal, ou Rússia - por isso, neste próximo texto se diz que o líder mundial do futuro virá do leste)

 

“Eu elevarei a Minha descendência da Casa do Leste, para fazer avançar a União e, por fim, todas as nações se reunirão sob um só Nome...” (Textos do livro: “A Verdadeira Vida em Deus”, Autora –Vassula Ryden)

 

Texto 2:

 

“Far-se-á então a paz, a reconciliação de Deus com os homens. Cristo será servido, adorado e glorificado; a caridade florescerá em toda parte. Os novos reis serão o braço direito da igreja, que será forte (possível cumprimento de Apoc. 17:12), hu-milde, piedosa e imitadora das virtudes de Cristo”. (“A Profetisa dos Tempos Finais”, autor - Olivo Cesca, pág 14)

 

Texto 3:

 

“O tempo se aproxima, o fim dos fins está bem próxi-mo, a menos que a humanidade se converta, e essa conversão ve-nha do alto, dos dirigentes do mundo e da Igreja. “ (“A Profetisa dos Tempos Finais”, autor - Olivo Cesca, pág. 18)

 

Texto 4:

 

“Como o objetivo final de Satanás era destruir o pon-tificado e a Igreja Católica, seu primeiro assalto foi no sentido de desterrar do Estado a religião.” (“A Profetisa dos Tempos Finais”, autor - Olivo Cesca, pág.95)

 

 

Texto 5:

 

“O plano de Satanás era separar a Igreja do Estado e, em seguida, dividir a Igreja internamente. E o conseguiu.” (“A Profetisa dos Tempos Finais”, autor - Olivo Cesca, pág.105)

 

Texto 6:

 

“Na perspectiva do terceiro milênio, que é a civiliza-ção do amor e da paz, o cristianismo sente o imperioso dever de congregar a humanidade inteira num único redil, na rica multiplicidade de suas culturas e civilizações. Então haverá um só rebanho e um só Pastor, bem como um só Senhor, uma só fé e um só batismo.” (A Segunda Vinda de Jesus - PARUSIA, autor padre Léo Persch, pág. 228)

 

 

H) - JOÃO PAULO II CONHECE (SABE) E CRÊ NOS VIDENTES.

 

Em 18 abril de 1993, João Paulo II beatificou a “Irmã Faustina” (Faustina Kowalska, da Polônia), uma das videntes católicas que citamos aqui. Mostrando que conhece e crê nos “profetas satânicos” que estamos analisando neste estudo.

O mundo não entende porque João Paulo II teima em ficar. Tanto que a já citada revista Veja diz, também sem conseguir explicar o porquê, que ele sairá apenas depois do ano 2000, por motivos “místicos”. Mas se seguirmos a idéia proposta neste livro é fácil entender isto.

João Paulo II ainda não renunciou, nem permitiu que o tirassem, porque, através dos videntes, sabe a hora certa de sair (cremos que possivelmente será depois do ano 2000, ano do jubileu católico-romano, mas isto é uma opinião pessoal nossa, não tem confirmação bíblica). João Paulo II também crê que depois dele, o próximo papa será o anticristo católico, mas, quanto a isso, deve estar tranqüilo, pois sabe que irá tirá-lo e voltar ao trono. Assim, justamente por esta crença, que ainda não saiu, nem permitiu que o tirem do poder.

 

(Dos textos abaixo, apenas os que estão em negrito são nossos comentários, os demais, com letra comum, são dos próprios autores católicos ou evangélicos.)

 

Texto 1:

 

“Ele (João Paulo II), que conhece perfeitamente to-das as mensagens (dos videntes)...” (“Novas Revelações - Os Segredos de Dozulé”, autor –Jean Stiegler, pág 202)

 

Texto 2:

 

“O mundo não sabe que ele (João Paulo II) carrega consigo os destinos, não só da Igreja, mas do mundo inteiro e de cada um de nós. Ele também sabe que é o último Pedro de Deus, mas nunca o disse para ninguém, porque é proibido pelo Espírito Santo de falar em causa própria.” (Comentário do padre Léo Persch sobre a encíclica papal INCARNATIONIS MYSTERIUM - O Mistério da Encarnação – Bula Pontifícia – 29 de novembro de 1.998)

 

Texto 3:

 

“Os tempos finais na ótica de João Paulo II: ‘Também nós estamos, de alguma maneira no tempo de um novo advento’. Mas o que mais surpreende, ao referir-se à ‘nova plenitude dos tempos’, é que ela já tem data marcada. Não acontecerá nos séculos futuros, mas por ocasião do grande jubileu. ‘Esta oração – Vem, Senhor Jesus ‘, escreve ele, se orienta para um preciso momento da história, em que é posta em relevo a ‘nova plenitude dos tempos’, momento que soará no ano 2000' (dominum et vivificantem, 66). ‘A igreja sabe que chegou a última fase dos tempos, e a renovação do mundo está irrevogavelmente fixada’, afirmou num discurso (...). Não disse que a igreja crê mas a igreja sabe que chegou a última fase da renovação do mundo. E como sabe? Respon-demos que pelo terceiro segredo de Fátima e pelas inúmeras apa-rições e profecias modernas, que chegam continuamente ao conhecimento do Papa e que, de resto, só fazem confirmar o que já se encontra profetizado na Bíblia.” (“A Profetisa dos Tempos Finais”, autor - Olivo Cesca, pág.208)

 

Texto 4:

 

“João Paulo II nunca falou oficialmente do seu dramático afastamento, pois – guiado pelo Espírito Santo - não ousa falar em causa própria.” (A Segunda Vinda de Jesus - PARUSIA, autor padre Léo Persch)

 

 

I) - DECLARAÇÕES DE JOÃO PAULO II:

 

Os próximos textos são declarações públicas, verbais e escritas de João Paulo II. Ajudam-nos a demonstrar que ele, não só conhece conhece e crê nas “profecias satânicas” dos videntes, como também está ajudando a preparar o mundo para receber o falso messi-as.

(Dos textos abaixo, apenas os que estão em negrito são nossos comentários, os demais, com letra comum, são dos próprios autores católicos ou evangélicos).

 

Texto 1:

 

“O Papa João Paulo II pediu ontem (01/12/96) aos fiéis, em sua homilia durante uma missa celebrada numa igreja de Roma, que se preparem para a volta definitiva de Jesus Cristo à terra.” (Quanto Falta Para o Fim - Edmundo Noro)

 

Texto 2:

 

“Esta oração ‘Vem, Senhor Jesus’ se orienta para um precioso momento da história, em que é posta em relevo a ‘nova plenitude dos tempos’, momento que soará no ano 2.000" (Dominum et vivificantem, 66). ‘A Igreja sabe que chegou a última fase dos tempos, e a renovação do mundo está irrevogavelmente fixada’, afirmou num discurso.” (Osser. Rom., 23/11/1986).

 

Texto 3:

 

“É o Espírito de Cristo que atua na Igreja e na história: é preciso permanecer à escuta d’Ele para reconhecermos os sinais dos Novos Tempos e fazer com que a expectativa do Regres-so do Senhor Glorioso se torne cada vez mais ardente no coração dos fiéis.” (João Paulo II, na Bula “Incarnationis Mysterium”, nº 03)

 

Texto 4:

 

“O Deus da paz esteja conosco, aqui no Canadá e em toda a parte. Possam justiça e paz beijarem-se ainda uma vez no fim do segundo milênio que nos prepara para a Vinda de Cristo na Glória. Amém. (João Paulo II - Edmonton, Canadá - 17.09.84)

 

Texto 5:

 

“Jubileu. O desafio constitui-se em ver o mundo in-formado propriamente do verdadeiro significado do ano 2000, aniversário do Nascimento de Jesus Cristo. O Jubileu não pode ser somente uma recordação de um evento passado, por mais extraordinário. Deve ser a celebra-ção viva e um convite a olhar para o Segundo Advento do nosso Salvador, momento em que se instaurará, de uma vez para sempre, o seu Reino de justiça, de amor e de paz.” (João Paulo II - Roma, Itália - 28.02.97)

 

Texto 6:

 

“Após a ascensão de Jesus, dois anjos perguntam aos Apóstolos: ‘Por que estais olhando para os céus? Este Jesus que vistes subir aos Céus, um dia retornará’ (Atos 1,11) A pergunta também é dirigida a nós: estamos agora no tempo da espera, ope-rosa e vigilante, do Retorno Glorioso de Cristo! O nosso espírito, animado de viva esperança, se ale-gra e invoca: Vem, Senhor Jesus. E a resposta, consignada no livro do Apocalipse, encha de alegria o nosso coração, bem como o de todo crente: ‘Sim, virei breve! Amém!’ (Ap. 22,20).” (João Paulo II - Turim, Itália - 24.05.98)

 

Texto 7:

 

“Anunciamos vossa morte, Senhor, proclamamos a vos-sa Ressurreição, na espera da vossa Vinda. Toda a Igreja espera a Sua Vinda, no Oriente e no Ocidente. Os filhos e as filhas do Líbano esperam a sua Nova Vinda na glória. Todos nós vivemos o advento dos Últimos Tempos da história e todos procuramos preparar a Vinda de Cristo, edificar o Reino de Deus, por Ele anunciado.” (João Paulo II - Beirute, Líbano - 11.05.97)

 

Texto 8:

 

“Portanto a era final do mundo já chegou até nós (cf. 1Cor. 10,11) e a renovação do mundo foi irrevogavelmente decre- tada e de um certo modo real já é antecipada nesta terra.” (Documento papal - “Lumen Gentium”, 48) Textos Extraídos do livro: Vinda Gloriosa de Jesus e Julgamento Final. Autor: Aldacyr Pinto Fernandes, do Exército de Nossa Senhora

 

 

J) - UNIÃO DAS IGREJAS - POR QUE O PAPA AS-SINOU “DOMINUS IESUS”?

Recentemente, causou surpresa ao mundo inteiro, inclusi-ve a alguns de nós adventistas, o documento papal “Dominus Iesus” que, resumidamente, diz ser a igreja Católica Romana a única verda-deira igreja de Cristo e as demais são, por conseqüência, falsas. Veja-mos o que foi noticiado internacionalmente:

(Fonte do texto: http://www.uol.com.br/folha/mun-do/ ult94u7760.shl)

 

05/09/2000: Vaticano Afirma que as Igrejas Protestantes não são verdadeiras. da France Presse (é uma das principais agências internacionais de notícias) na Cidade do Vaticano. O Vaticano publicou hoje um documento que nega a condição de Igrejas às religiões protestantes. O documento foi publicado apenas dois dias depois da controvertida beatificação do Papa Pio 9, que provocou várias críticas, entre elas as dos judeus, que o consideram um antisemita.

‘Existe uma única igreja de Cristo, que se perpetua na Igreja católica, governada pelo sucessor de Pedro (o papa) e os bispos, em comunhão com ele. As comunidades eclesiásticas que não conservaram o episcopado válido (ou seja, bispos ordenados por outros católicos) nem a substância íntegra do mistério eucarístico (a comunhão) não são Igrejas propriamente ditas’, afirma a Declaração Dominus Jesus.

A declaração, firmada pela Congregação Vaticana pela Doutrina da Fé e aprovada por João Paulo 2º em 16 de junho, afirma sobre as igrejas ortodoxas: ‘as igrejas que, sem a co-munhão perfeita com a Igreja Católica, permanecem unidas a ela por estreitos vínculos, como a sucessão apostólica e a eucaristía válida, são verdadeiras igrejas particulares’. A Declaração, apresentada pelo cardeal Joseph Ratzinger, chefe da congregação que substituiu o Santo Ofício em 1965, condena como ‘claramente contrário à fé católica’ considerar a Igreja de Cristo ‘como um caminho de salvação entre outros’.

‘Apesar de admitir que as diferentes tradições religiosas contêm e propõem elementos de religiosidade procedentes de Deus, elas não têm a eficácia salvadora dos sacramentos cristãos’, segundo o documento, que garante que ‘de outros ritos nascem superstições ou erros que acabam se tornando mais um obstáculo para a salvação’. ‘A igualdade, condição do diálogo, significa igual dignidade pessoal das partes, mas não igualdade das doutrinas, e ainda menos igualdade entre Jesus Cristo, Deus feito homem, e os fundadores de outras religiões’, diz o documento.

O Vaticano justifica sua posição, explicando que ‘a perenidade do anúncio missionário da Igreja está em perigo hoje por causa das teorias relativistas, que querem justificar o pluralismo religioso’. A Declaração Dominus Iesus é ‘infalível’, conforme disse em coletiva de apresentação do documento o arcebispo Tarcisio Bertone, secretário da Congregação para a Doutrina da Fé, recomendando que os fiéis obedeçam a seus ensinamentos de maneira ‘definitiva e irrevogável’.

As reações a este documento foram imediatas. O arcebispo de Caterbury, monsenhor George Carey, primado da igreja anglicana, criticou a declaração do Vaticano, dizendo que ela ig-nora ‘a compreensão mais profunda que se desenvolveu nos últi-mos 30 anos mediante o diálogo e a cooperação ecumênica’. ‘A igreja anglicana não aceita nem por um instante que seu ministério e sua eucaristia sejam insuficientes e se considera parte de uma mesma santa, católica e apostólica Igreja de Cristo’.

O presidente da Federação Protestante da França, (FPF), o pastor Jean-Arnold de Clermont, manifestou a ‘triste surpresa’ dos protestantes com o documento católico.

‘A afirmação não é nova, mas por que sua repetição hoje, depois de 40 anos de compromisso ecumênico?’, questionou, em comunicado publicado hoje.

‘A nova declaração do Vaticano contrasta singularmente com os conselhos sobre humildade e abertura que ouvimos da Igreja católica durante o ano do Jubileu e representa um duro golpe ao trábalo ecumênico, ao confirmar as desconfianças de quem acredita que Roma não abandonou a pretensão de simplesmente  absorver as outras Igrejas’, dizia o comunicado.

Em Genebra (Suíça), o Conselho Ecumênico das Igre-jas lamentou hoje o documento católico e lembrou ao Vaticano a necessidade de um ‘testemunho cristão comum’ para o começo do terceiro milênio”. (Fonte-http://www.uol.com.br/folha/mundo/ult94u7760.shl)

 

Nós adventistas esperamos, como um dos sinais do fim, a satânica união das igrejas. E este documento pode nos ter surpeendido, porque, a priori, parece totalmente contrário a essa nossa expectativa profética.

O erro está no fato de esperarmos que esta união se dê através da diplomacia de João Paulo II com o mundo, por intermédio do “afago” do Vaticano às demais religiões. Porém, através deste documento (e é isso que causou a surpresa) ele demonstrou que não faz questão de agradar e que não “arreda o pé” em nenhum momento da superioridade da Igreja Católica Apostólica Romana.

Para a teoria apresentada neste livro (contemporânea) essa declaração, ao invés de causar surpresa, foi mais uma da incríveis coincidências da realidade com o que esperamos. Pois, a nossa expectativa, é que esta união não virá por esforço humano da parte do papa e sim, quando Satanás vier como o falso Cristo. Este documento apenas confirma o que estamos dizendo, que João Paulo II sabe que depois da sua saída, voltará, e o falso Cristo lhe dará o poder mundial. (Muito particularmente cremos que João Paulo II não sabe, conscientemente, que serve a Satanás, mas isto não significa que é sincero para com Deus).

Afinal, qual seria o real motivo do papa ter assinado este documento? É simples: João Paulo II crê nos videntes modernos, e esses por sua vez dizem que a união das igrejas e dos governantes será feita em torno dele (João Paulo II), mas não pelo esforço humano. O tão esperado ecumenismo mundial será finalizado pelo próprio “Jesus” (Satanás) quando este voltar. Vejamos textos que demonstram isso:

 

(Dos textos abaixo, apenas os que estão em negrito são nossos comentários, os demais, com letra comum, são dos próprios autores católicos ou evangélicos. )

 

Texto 1:

 

“A Unidade virá do Alto, porque como agora acontece, todos vós estais divididos e não vivei minha imagem divina; não obedeceis minha Lei; a vossa divisão contamina e propaga-se; a vossa divisão permaneceria para sempre, se eu não lhe pusesse fim”   (Quanto Falta Para o Fim - Edmundo Noro)

 

Texto 2:

 

“‘Atrairei para a unidade da igreja a alma dos hereges e dos apóstatas.’ ... São eles (os apóstatas) essencialmente os protestantes e numerosos ex-católicos ... A graça divina descerá sobre a humanidade e enfim um único rebanho com um único pas-tor se reunirá sob o cajado do Papa em Roma. (grifo nosso)” – (“Novas Revelações - Os Segredos de Dozulé”, autor –Jean Stiegler, pág 208)

 

Texto 3:

 

”Muitos de vós sois inflexíveis e rígidos como barras de ferro! Mas eu dobrar-vos-ei!”. (Quanto Falta Para o Fim - Edmundo Noro)

 

Texto 4:

 

“O Meu Nome RESSOARÁ em todas as Nações; Eu QUERO que os Meus Filhos preparem este Tempo de Amor, na Divina Esperança...NINGUÉM poderá ignorar a Minha Santísima Lei, que É Amor.”. (“Testemunhas da Cruz, Vol. 1”, autor - “J.N.S.R.”, pág.99)

 

 

L) - JÁ TIVEMOS A OPORTUNIDADE DE CON-VERSAR COM ALGUNS AMIGOS CATÓLICO-ROMANOS E PERCEBEMOS QUE SÃO MUITOS AQUELES QUE TÊM OUVIDO FALAR NESTAS PROFECIAS DOS VIDENTES, MAS POUCOS REALMENTE SABEM O QUE IRÁ OCORRER. A MAIORIA DOS CATÓLICO-ROMANOS AINDA NÃO SABE DOS DETALHES.

PORÉM, ESSAS PRÓPRIAS PROFECIAS DIZEM QUE É ISSO QUE ACONTECERIA. SATANÁS SABE QUE O CENSO DE MINORIA FORTALECE, ASSIM, AQUELES CATÓLICOS QUE ESTÃO SE PREPARANDO PARA ESSES ACONTECIMENTOS, SERÃO AQUELES QUE INFLUENCIARÃO OS DEMAIS NO FUTURO.

 

(Dos textos abaixo. apenas os que estão em negrito são nossos comentários, os demais, com letra comum, são dos próprios autores católicos ou evangélicos.)

 

Texto 1:

 

“A leitura da Bíblia, as encíclicas Papais e as mensagens celestes de Jesus e Maria - atualmente pouco lidas, e, nem sempre entendidas - somente terão ampla procura e ressonância a partir do ano 2000. Quem o diz são os próprios mensageiros do céu. Feliz de quem fizer essas leituras enquanto for tempo como digna preparação para com acontecimentos que nos esperam”. (A Segunda Vinda de Jesus - PARUSIA, autor padre Léo Persch)

 

Texto 2:

 

“Só permanecerá fiel aquele pequeno resto que, nestes anos, acolhendo meu convite materno, se deixou guardar no refúgio seguro do meu Coração Imaculado. E será esse pequeño resto fiel, por mim preparado e formado, que terá a missão de receber o Cristo que voltará a vós, na glória, dando assim início à nova era que vos aguarda”. (A Segunda Vinda de Jesus - PARUSIA, autor padre Léo Persch)

 

 

M)- PARA FINALIZARMOS TRAZEMOS UMA PRECE CATÓLICA-ROMANA QUE RESUME AS EXPECTATIVAS DO MUNDO PARA O FUTURO. (PARA NÓS, ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA, QUE VEMOS DE FORA E SABEMOS QUE ELES ESTÃO SENDO ENGODADOS, É HORRÍVEL. PORÉM, AINDA HÁ TEMPO, PORTANTO, OREMOS PARA QUE DEUS TENHA MISERICÓRDIA E NOS AJUDE A ADVERTIR OS SINCEROS, O “SEU POVO” - APOC. 18:4 - QUE AINDA ESTÁ EM BABILÔNIA).

 

(Dos textos abaixo, apenas os que estão em negrito são nossos comentários, os demais, com letra comum, são dos próprios autores católicos ou evangélicos).

 

“Prece Católico-Romana”

 

REZEMOS pois, para que João Paulo II permaneça ainda muitos dias conosco frente ao Vaticano. Quanto mais tempo ele estiver lá, serão mais e mais graças derramadas sobre o mundo. Serão mais e mais conversões e milhares de almas a mais achando o caminho da graça e da conversão...

 

REZEMOS ASSIM PELO PAPA:

 

DEUS TODO PODEROSO, livrai-nos das hostes inimigas! Daí a João Paulo II, força para que, baseado na coragem que possui, no amor que prega e na fé que vive, possa seguir até o fim o plano a ele determinado pela Vossa Suma Bondade; Que sejamos submissos a ele, nosso Pastor, apesar das horas de tribulação e dor; PAI ETERNO livrai a Pedro das ciladas inimigas, para que as portas do inferno não derrubem a Vossa Santa Igreja. A Igreja reviverá e Pedro (João Paulo II) será vencedor! Amém!“ (grifo nosso)

 

(Artigo católico - romano “O Futuro do Papa João Paulo II” - analisando várias “profecias” . Responsável- Dilson Kutscher)

 

IR

RETORNAR